sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Notícias #1

Resolvi fazer alguns posts com notícias sobre o cinema...vamos ver até quando dura. :)

- Mal saiu o filme V/H/S e já vai ter V/H/S 2

- Brad Pitt e David Fincher podem trabalhar juntos novamente, dessa vez em uma adaptação de Vinte Mil Léguas Submarinas

- E realmente aconteceu, o remake de Evil Dead sai ano que vem. Sam Raimi, diretor do clássico, está envolvido nas produções. E parte do roteiro ficou na mão da Diablo Cody.


- Mais um remake desnecessário deve sair no ano que vem, Carrie.

- Já ganhou um trailer o filme Hitchcock, sobre o famoso diretor, que vai ser interpretado pelo ótimo Anthony Hopkins

- Constantine e Monstro do Pântano, essa junção pode virar filme nas mãos do Guillermo Del Toro.

- Crítica bacana de Frankenweenie. Será que o Burton perdeu a mão na hora de fazer filmes? :/

- Com muito atraso, finalmente The Cabin in the Woods chega aos cinemas brasileiros.


- Já começou a segunda temporada de American Horror Story e aparentemente está mais assustadora que a primeira.

- Ótima resenha sobre o novo filme de Rob Zombie, The Lords of Salem.

- Mais imagens do filme Django Livre, novo filme de Quentin Tarantino

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

V/H/S

Improvável, mas eu sou bastante medrosa para filmes de terror. Porém, a curiosidade é sempre grande e ela acaba me vencendo. Vi o trailer de V/H/S e começou aquele misto de medo e ansiedade. Até que semana passada um amigo me passou um torrent bacana e eu pude vê-lo. E mais uma vez, decepção. 


O filme começa com um grupo de amigos que comete vandalismos e abusos, gravando tudo em fitas. Certo dia, uma pessoa os contrata para que invadam uma casa e roubem um VHS. Ao chegar lá, encontram várias fitas e o dono da casa, que está morto. Eles passam a assistir cada uma das fitas, para saber qual é a certa. 

V/H/S é fruto da contribuição de diversos diretores e cada uma dessas fitas "é" de um dos diretores. Algumas são realmente assustadoras, interessantes e com certo clima de tensão, mas outras são chatas, enroladas e sem nexo algum. O trailer em si é bem mais assustador, pois ele passa uma impressão totalmente diferente da que temos ao ver o filme. 


*possível spoiler*
Eu realmente gosto de filmes de terror que não têm explicação ou não mostram certas coisas, mas esse ficou muito "jogado". Poderiam ter explorado um pouco melhor a ida do grupo até a casa, o que realmente aconteceu por lá e o que houve com o dono. Também acho que deveria ter alguma ligação mais clara entre as fitas e os acontecimentos da casa. 

Enfim, mais uma decepção com o terror atual. :/

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

The Lords of Salem

Dia 10 de setembro estréia o novo filme de Rob Zombie, The Lords of Salem, no Toronto International Film Festival.

Enquanto esperamos chegar aqui no Brasil (ou aparecer algum torrent bom), aí vão alguns dos pôsteres de divulgação. 








Eu gosto muito dos filmes do Zombie (exceto por Halloween 2) e já falei deles aqui

Misfits / Filmes (Parte IV)

E hoje eu termino a série de posts sobre os filmes que inspiraram as músicas dos Misfits. :)

O nome Famous Monsters é uma referência aos monstros de Bela Lugosi, Boris Karloff, Lon Chaney e outros clássicos da época de ouro do cinema. 

Minha preferida do disco, Helena, é baseada no filme Encaixotando Helena, dirigido por Jennifer Chamber Lynch, filha de ninguém menos do que David Lynch!


Die Monster Die foi baseada no filme de mesmo nome, com Boris Karloff.


E para fechar, Pumpkin Head, do clássico dos anos 80.


Aqui fecho minha série de posts sobre filmes que inspiraram músicas dos Misfits, minha banda preferida. Claro que deixei vários de fora, falei apenas dos que gosto mais ou que considero mais interessantes. 


Espero que tenham gostado. :)

The Bunny Game

Eu sempre gostei muito dos tais filmes polêmicos e subversivos. Alguns entraram para minha lista de preferidos, outros eu ignoro a existência e outros eu considero um lixo completo. Por exemplo, eu não assistirei Canibal Holocausto por causa da cena da tartaruga, vai contra tudo que eu acredito, então não tem sentido eu ver esse filme. Aqui eu dei minha opinião sobre A Serbian Film e mais uma vez digo que detesto Begotten. Por outro lado, adoro Pink Flamingos e Visitor Q

De uns anos para cá, foram poucos os filmes "polêmicos" que eu realmente gostei. Fiz uma série de posts falando de quase todos que vi nessa linha. Não sei porque ainda perco meu tempo com alguns desses filmes e o mais recente foi The Bunny Game.



Ano passado eu vi trailers e milhões de comentários falando que esse filme era um dos "piores" da história do cinema, com cenas cruéis e um enredo perfeito. Tudo começa com uma prostituta viciada em drogas que passa pelas situações humilhantes para conseguir dinheiro. Até que um dia um caminhoneiro sádico a sequestra e passa a torturá-la das piores formas possíveis. Enquanto isso, aparecem flashes de outras garotas sendo torturadas por ele no passado. 



Sim, o filme é só isso. E aquele final não me convenceu. Uma hora e tanto de cenas sem sentido, com uma tentativa de "passar algo". Eu já vi muitos filmes de suspense e de terror, e parece que de uns anos para cá não existe mais criatividade, ou é tudo cópia da cópia da cópia ou como esse The Bunny Game, em que é preciso apelar para a crueldade sem sentido para atrair público. 


Recentemente tenho visto muitos filmes do Hitchcock e terror dos anos 30/40. Com poucos recursos e muita sutileza eles conseguiam criar um clima perfeito de tensão e hoje em dia é tudo visual e vazio. 

domingo, 27 de maio de 2012

Misfits / Filmes (Parte III)

Quando o assunto é Misfits eu sou bastante xiita. Misfits de verdade é Misfits com Danzig. Gosto demais das músicas com o Graves, mas aquilo não é Misfits. E muito menos "isso" que se apresenta hoje em dia. Porém, a fase Graves é que mais tem músicas baseadas em filmes. Separei algumas das que eu mais curto.

O nome do disco American Psyco veio do já clássico filme estrelado por Christian Bale. Baseado em livro do Bret Easton Ellis, esse é um dos filmes mais insanos que eu já vi. 


O nome da intro deste disco vem do filme The Abominable Dr. Phibes, estrelado pelo sensacional Vincent Price, em um dos seus melhores papéis no cinema. Maravilhoso enredo sobre vingança. 



The Hunger é um ótimo filme sobre vampiros da década de 80, estrelado por David Bowie, Catherine Deneuve e Susan Sarandon


Day of the Dead é um filme de Romero, mestre quando assunto é zumbi.


Mars Attacks! foi uma sensacional homenagem de Tim Burton aos filmes de Sci-Fi dos anos 50.


Hate the Living, Love the Dead é uma fala mais que clássica do filme Frankenstein.


Em breve volto com o quarto e último post da série Misfits/Filmes.

quinta-feira, 22 de março de 2012

Misfits / Filmes (Parte II)

Continuando a série de posts sobre a relação dos nomes de algumas músicas dos Misfits com filmes...

"Night of the Living Dead" do Romero talvez tenha sido o responsável por esse boom de filmes de zumbis que tivemos nos anos 70/80, e que voltou no final dos anos 90. E os Misfits tem uma música com esse nome. 
Vale lembrar que o primeiro filme de zumbis foi "White Zombie", com Bela Lugosi. E esse filme deu origem ao nome da banda de Rob Zombie. 


"Astro Zombies", de 1968, também inspirou uma música dos Misfits. 


Saindo um pouco do terror, temos "Where Eagles Dare", filme clássico com Richard Burton e Clint Eastwood. 


A música se chama "Teenagers from Mars", mas foi claramente inspirada pelo filme "Teenagers from Outer Space", de 1959.


As músicas que citei nesses 2 posts são da Era Danzig. Depois volto para falar de algumas da Era Graves.
Espero que gostem. :)